06 fevereiro 2011

5º dia SPFW

Do Estilista - Mil Folhas

A grife segue na vertente da sobreposição, uma das tendências mais fortes para a próxima temporada. O recurso de peças feitas em camadas de babados também apareceu. A silhueta atinge dois extremos: volumosas, fluidas, longilínea. Diferente da versatilidade da modelagem, a cartela de cores é mais precisa: preto, bege, castor, rosê, verde e marrom.

Ana Salazar - Punk glam
Inspirada nas florestas da região central de Portugual, a estilista Ana Salazar criou a sua coleção de inverno. Pretos, vermelhos sangue dominaram a passarela. Para dar um certo glamour aos casacos de feltro e sarja grossa, ela invertiu em leggings e capuzes de paetê metalizados, que passaram a sensação de austeridade. A dualidade sofisticação versus rebeldia foi explorada o tempo todo.


FH por Fause Haten - Tudo ou nada

Resolveu abandonar os excessos e trabalhar a ausência, a falta, o nada. A partir de uma inspiração abstrata, o estilista apresentou uma de suas coleções mais enxutas de todos os tempos. Apenas o preto, cinza - em versão metalizada, bege, pontos de branco e o brilho furta-cor do cristal, aplicado em diversas peças. A modelagem aparece mais contida do que a habitual, a alfaiataria pontua vestidos e camisas. A trilha sonora com sons de ventos, teve performance de dois bailarinos juntos de um piano com cauda.


Jefferson Kulig - Print screen


Sempre gostou de mesclar, modae ficção científica. Usou e abusou de estampas digitais, que brincavam com o olhar. Vestidos e casacos estruturados, que reproduzem a textura da renda e ganham, zíperes, detalhes holográficos e aplicações de pelo. O trabalho de mix de materiais e prints é um ponto forte da coleção: um bom exemplo é um vestido que leva a estampa de renda, de padronagem xadrez e de recortes de couro com tachas.


Lino Villaventura - Noite negra


Um casaco-capa feito por Lino há 26 anos deu start na colação de inverno 2011 do estilista. Com camadas e plissados, a peça ganhou uma releitura e serviu como uma espécie de matriz para muitas outras. Detalhes e características marcantes do casaco originais foram transportados para vestidos, trench coats, saias, blusas e jaquetas perfecto. O trabalho artesanal pôde ser conferido nos bordados, nos tecidos nervurados e nas pregas-palito, em uma cartela de cores como argila, petróleo, beterraba, vinho e branco-pérola.

Disponível em: http://www.elle.com.br/

0 comentários:

 

Últimas Postagens do Blog