06 fevereiro 2011

4º dia SPFW

Huis Clos - Sem mistérios


Nesta coleção a grife mescla alfaiataria típica da grife, com uma pegada esportiva e uma pintada sexy, que vem sendo trabalhada desde que a estilista Sarah Kawasaki assumiu o departamento de criação. A sensualidade surge no jogo de texturas e de camadas de musselinas sobre as rendas, vistas nas costas de várias peças. Independentemente da inspiração, a imagem que fica é a de uma mulher forte e sofisticada, que recorre à uma cartela de cor intensa: com preto e cinza mescla dominando a cena. O mix de tecidos como lãs, pelo sintético, jacquard, náilon, renda e malha lamê foram o grande triunfo da Huis Clos.


Maria Bonita - Pedra sobre pedra

Buscou inspiração nos candangos de Brasília para seu inverno 2011, onde a estilista Danielle Jensen trabalhou formas que parecem limpas à primeira vista, mas acabam revelando surpresas, como as handsbags, unificadas aos vestidos, casacos e saias. O fecho vintage das bolsas, aliás, virou detalhe nos decotes de algumas peças. A malha lã foi o material principal e apareceu em looks de silhueta confortável. A cartela de cores mergulha na idéia da construção da capital brasileira e surge com tons que lembram concreto e terra, como cinza-claro e marrom-telha.


Ronaldo Fraga - A poesia da moda

Sem nunca render às tendências, Ronaldo costura sua moda, sempre cheia de referências ao Brasil e às outras artes. Neste inverno, o estilista homenageia o artista plástico Athos Bulcão, que morreu em 2008, aos 90 anos, deixando quase 200 obras espalhadas por Brasília. Dos azulejos da capital federal, fez nascer bordados e estampas vistos nas saias e blusas amplas, típicas de sua grife. Vazados geométricos também remetiam aos quadradinhos e círculos usados nas colagens que Athos fez ao longo de sua vida.


V.Rom


O fácil de usar tomou conta da passarela, como nos abrigos de moletom cinza mescla e nos ótimos casacos de lã pretos com gola aumentada, se misturava a peças mais experimentais, como os agasalhos cropped a as bermudas-saias. As peças manchadas, como a calça reta com cós turquesa, e a bermuda saruel mistauravam ao amarelo, vermelho e verde sujos. Havia um tom bem masculino na coleção, reforçado pelas calças com barras dobradas - utilitariamente e não com recurso de estilo.


Reserva

Decadence Avac Elegance foi o tema do inverno 2011 da Reserva. Para o desfile, a grife chamou Lobão e sua banda para interpretar uma versão esclusiva do antigo clássico do mundo. Completando o clima, os modelos entre os tops Evandro Soldati e Francisco Lachowshi aparecem deformados por uma maquiagem que os deixou repleto de rulgas,a lguns até com os cabelos grisalhos. A coleção apresentou elementos da alfaiataria masculina clássica com estampas e padronagens e modelagens que deran ar "decadente" da coleção.

Disponível em: http://www.elle.com.br/

0 comentários:

 

Últimas Postagens do Blog