03 fevereiro 2011

2º dia de desfiles SPFW

Reinaldo Lourenço - Jóias da costura


Inspirado na haute-costure dos anos 30, salpicou estampas de boquinha em algumas peças em uma versão sofisticada. Partiu das formas de alfaiataria masculina, transformando casacas em blusas sexys, com as costas nuas, casacos/pelerine e calças Hip Flare de couro. Bordou pérolas em vestidos mimolet, que criavam poás luxuosos.

Ghetz - Trama revisitada

A grife reciou novas possibilidades para a clássica trama de fios dos tricôs. O desfile trouxe leggings, saias tulipas, casaquetos, bermudas, pantalonas e calças cenoura. Texturas com fios de lurex davam a impressãode uma estampa navejo, em diferentes cores: azul-royal, amarelo-mostarda e vinho.

Alexandre Herchcovitch - O lado negro da força


Ao contrário de suas coleções passadas que sempre e recheadas de influências punk e de ousadias, Herchcovitch deixa seu DNA rebelde de lado e investe em uma coleção de inverno chic. Rochas Vulcânias foi sua inspiração, para criar diferentes texturas e acessórios, colares e pulseiras em pérolas negras eram fechadas por pedra bruta com ímas. Silhuetas arredondadas reforçam o ar de orgânico. Sua cartela de cores teve o predomínio do preto contrastando com amarelo-enxofre, que explodia nas rendas dos detalhes.


Neon - Do fundo do baú

Na coleção de inveno 2011 - Dudu Bertholini e Rita Comparato faz um remake e recria peças mais icônicas. Apostam em caftãs, túnicas em silhuetas que podem ser ampla ou justa, sexy e glamourosa. As estampas tribais, supercoloridas, pontuaram a coleção, que também ganhou toques surrealista, deixando tudo bem divertido. Corações, bocas e mãos envolveram vestidos ultrafemininos. Em segundo momento do desfile aparecem quimonos, em tamanho oversized, bodies e maiôs.

Amapô - Lado avesso

A dupla de estilistas Carol Gold e Pitty Taliani, investiram no impacto de suas criações nem um pouco convencionais para a coleção inverno 2011, a marca aposta na deconstrução, na confusão, na pertubação. Sobreposições de camisas usadas uma sobre as outras, mangas soltas, golas fora do lugar, saias de tule por cima de calça de seda e até mesmo cachecóis feitos de cabelos.

Ellus - Garota do Futuro

A grife transmitiu na SPFW, o primeiro desfile 3D. Logo na entrada os convidados ganharam óculos especiais, ao invés de ver as modelos passando pela passarela, assistiram ao vídeo feito pela grife. O efeito hi-tech na sala escoava a ideia da coleção refleta de peças sexy. O jeans carro-chefe da Ellus, passou por tratamentos tecnológicos, que deixavam um aspecto de couro (leather jeans) ou manchados à la poeira de estrela (star dust), com com direito a faíscas metálicas.
Disponível em: http://www.elle.com.br/

0 comentários:

 

Últimas Postagens do Blog